Jamie Cullum

Escute agora Jamie Cullum

"Catch the Sun" (full track)
"Singing In The Rain"

Cullum atualmente é considerado uma referência na recriação de um gênero musical, o jazz.

Jamie Cullum nasceu em Essex, Inglaterra; mais precisamente no hospital Rochford no dia 20 de agosto de 1979. Seu pai, John Cullum, trabalhava com finanças e sua mãe Yvonne (de origem da antiga Birmânia) era secretária. Seu avô paterno era um oficial das Forças Armadas e sua avó paterna uma judia refugiada da Prússia, que cantava em bares de Berlim. Jamie diz que ela é seu ícone cultural.


Jamie Cullum

Para Jamie a música, e mais precisamente o jazz, não tem barreiras: rock, hip-hop, acid jazz, blues, não há importância nos rótulos, o que vale é a qualidade. Descobriu o jazz muito cedo devido a grandes referências como Miles Davis e Herbie Hancock, mas também demonstrava interesse pelo "jazz-rock" de Steely Dan. Na adolescência, tocava guitarra, gostava de Nirvana, Red Hot Chili e Rage Against the Machine. Aprendeu a tocar piano sozinho e enquanto estudava na universidade passou a trabalhar como pianista e cantor, atuando em qualquer palco onde pudesse faturar, como cruzeiros, casamentos e bares.

Em 1999, aos 19 anos, ele lançou seu primeiro álbum, "Heard it all before"(Jamie Cullum Trio). As 500 cópias do disco esgotaram-se em pouco tempo. Hoje em dia estão sendo vendidas no eBay por 900€.


Heard it all before (Jamie Cullum Trio)

Com o sucesso desse álbum, Jamie foi convidado para participar da gravação do CD de Geoff Gascoyne, "Songs of the summer".

Em 2002, "Pointless Nostalgic", o seu segundo álbum, é editado e lançado pela mítica editora de jazz, Verve. A maior parte das músicas do disco são covers de outros músicos bem conhecidos, entre eles, George Gershwin e Thelonious Monk. Foi imediatamente incluído na lista dos álbuns do ano, do jornal "The Times". Seu indiscutível talento de intérprete e compositor invadiu rapidamente a rigorosa mídia inglesa como "o grande novo nome". Uma intensa maratona de convites para participações em programas da TV em horário nobre, assim como premiações das mais prestigiadas colocou Cullum no topo, enquanto gravadoras disputavam sua música.


Pointless Nostalgic (2002)

O álbum gerou interesse também no famoso jornalista e apresentador de TV Michael Parkinson - Cullum fez a sua primeira aparição na televisão, na BBC no show de Parkinson e foi o último músico a cantar no Michael Parkinson Show "Final Conversation".


Jamie Cullum and Michael Parkinson

Dois anos depois, em 2003, Jamie assinou contrato de três álbuns com a gravadora Universal, após disputa acirrada dessa com a Sony Music Entertainment. Então saiu seu terceiro CD, "Twentysomething", que foi lançado em outubro do mesmo ano e tornou-se o primeiro álbum de jazz mais vendido no Reino Unido.

"Twentysomething" foi produzido pelo não menos genial Stewart Levine( Simply Red, BB King, George Benson entre outros) que, diante da sonoridade acústica de Cullum, gravou e mixou o álbum totalmente em fita análoga - em plena era digital.

O disco é uma genial mistura de famosas canções de jazz com melodias contemporâneas e baladas irresistíveis. Contém vários originais escritos por Jamie, como "All At Sea", "Twentysomething", e "Next Year, Baby" e covers, como a interpretação de Cullum de "Singing In The Rain" e "I Get a Kick Out of You", escritas há setenta anos, e outras mais contemporâneas como "Wind Cries Mary" de Jimi Hendrix.

A 26 de Setembro de 2005 lança o seu quarto álbum, "Catching Tales".

Ainda que o jazz predomine, algumas das faixas do trabalho apresentam diversos elementos de outros gêneros, como o rock, reggae e mesmo o hip-hop, todas com o apoio de De Krom, do excelente baixista Geoff Gascoigne e de Sam Wedgewood, dividindo-se entre guitarra, teclados e trompete. Seu irmão, Ben Cullum, contribui em algumas letras e também tocou baixo em algumas faixas. Destaques para "Catch the Sun", sucesso da banda britânica Doves, e "Get Your Way", a faixa de abertura, que mistura o piano com metais sampleados e uma batida hip hop.

Jamie Cullum ganhou vários prémios e entre eles estão, o prémio Rising Star (estrela em ascenção) no festival de jazz British Jazz Awards 2003, no Brit Awards 2005 foi nomeado para melhor músico e melhor atuação e no BBC Jazz Awards viria a ganhar em 2005 o prémio de Artista do Ano. Foi nomeado também ao Grammy pelo álbum Catching Tales. Vendeu mais de cinco milhões de cópias e já já se apresentou três vezes para a rainha da Inglaterra.

Jamie Cullum parece ter entendido que é jovem bastante para não se preocupar com distinções rígidas, e velho o suficiente para perceber as infinitas possibilidades da música.

Álbuns
Pointless Nostalgic (2002)
Lançado no Brasil pela Gravadora: Deckdisc

Faixas: You and the night and the music
I can't get started
Devil may care
You're nobody till somebody loves you
Pointless nostalgic
In the wee small hours of the morning
Well you needn't
It aint necessarily so
High and dry
Too close for comfort
A time for love
Lookin' good
I want to be a popstar

Twentysomething (2005)

Faixas:What a Difference a Day Made
These Are the Days
Singing in the Rain
Twentysomething
But For Now
Old Devil Moon
I Could Have Danced All Night
Blame it on My Youth
I Get A Kick Out of You
All at Sea
Wind Cries Mary
Lover, You Should Have Come Over
It's About Time
Next Year Baby

Twentysomething (US release)

Faixas:These Are the Days
Twentysomething
Wind Cries Mary
All at Sea
Lover, You Should Have Come Over
Singing in the Rain
I Get A Kick Out of You
Blame it on My Youth
High And Dry
It's About Time
But For Now
I Could Have Danced All Night
Next Year Baby
What a Difference a Day Made
Frontin'

Catching Tales (2005)

Faixas: Get Your Way
London Skies
Photograph
I Only Have Eyes For You
Nothing I Do
Mind Trick
21st Century Kid
I'm Glad There Is You
Oh God
Catch The Sun
7 Days To Change Your Life
Our Day Will Come
Back To The Ground
Fascinating Rhythm
My Yard

BOSSA NOVA
Jamie Cullum: "Eu adoraria (fazer um disco de releituras da Bossa Nova). Um dos primeiros discos pelos quais me apaixonei foi um do Tom Jobim. Sem dúvida é uma grande parte da minha experiência com a música e a harmonia, do jazz especialmente. A música brasileira é linda e significa muito pra mim. Eu venho estudando e ouvindo muito, desde os mais óbvios, com Tom Jobim e João Gilberto, a novos artistas como Maria Rita. Inclusive, estou fazendo uma letra para uma canção nova do Ivan Lins, que me mandou a música. Mas não é só porque estou namorando uma brasileira que eu quero gravar um disco de bossa nova. Eu só o faria se realmente tivesse um conhecimento maior e pudesse ter algo a acrescentar. Tem tanta gente que já faz isso tão bem que eu teria que estar à altura para não fazer feio."

Fontes: Jamiecullum.com, Ricardo Noblat, Cultura Pop, Jamie Cullum BR, Coliseu dos Recreios e Wikipedia



Links

Agenda

Em cartaz Cinema

Em cartaz Teatro

Matérias: Live Earth | Disco Classics | Earth, Wind & Fire | Os Fofos Encenam | Laços do Olhar | Rock in Rio | Kool ang Gang | Lenda do Jazz no Brasil | Elizabeth Jobim - Endless Lines | Diana Krall no Brasil | Shows Novembro | Chaka Khan e Branford Marsalis | Gagaku, Bugaku e Shomyo | Cantata no Jockey | Shows 2009 | Madonna no Brasil | Maysa | Elton John | Grammy 2009 | Brit Awards | Simply Red no Brasil | Paul e Michael com ingressos esgotados | Radiohead | Prêmio internacional de fotografia: Sony World Photography | Hot List | A procura de um olhar | Burt Bacharach | Shows Abril 2009 | Virada Cultural 2009 | Oasis no Brasil | Terminator Salvation | FAM 2009 | Iggy Pop lança Preliminaries | Grande Álbuns - Michael Jackson | Festival de Inverno de Campos do Jordão 2009 | Shows 2º Semestre 2009 | Grandes Álbuns II | Dinossauros da música eletrônica ressurgem em 2009 | Festival de Cinema Veneza 2009 | Álbuns Clássicos do Jazz | Flashback Mr Groove | Festival Planeta Terra | Donna Summer | Grammy 2010 | Programação Verão 2010 | Brit Awards 2010 | Oscar 2010 | Valleys of Neptune | Albuns - Lançamentos 2009 / 2010 | Nelly Furtado no Brasil | Documentário Loki | Matérias Novas

Destaques: A volta do Queen | Babyshambles | Cantoras Brasileiras | Cena Eletronica | Clocks | Corinne Bailey | Dig Out Your Soul | Escola do Pop Rock | Horace Silver | Im Takt der Zeit | Keane | Jamie Cullum | John Legend | Julliete & The Licks | Kantata Takwa | Led Zeppelin | Madeleine Peyroux | Michael Jackson - Thriller 25 | Little Boots | Miriam Makeba | Mostra de Arte / Casais | Musicians and Machines | Nara e Fernanda | Nonsense | Oscar Peterson | Paul McCartney | Piaf - Um hino ao amor | Prokofiev | Regentes | Rotciv | Stay | Studio 54 | Yo-Yo Ma | The Heist Series | The Verve - Forth | Vanessa da Mata | Demis Roussos & Aphrodite's Child | Tommy avec The Who | Villa Lobos, Brisa Vesperal

Voltar para página inicial