Como próximo passo, David Bowie divulga ser bissexual para a “Meldoy Maker”, uma tática para chamar atenção para si, como também para o disco e excursão que seriam lançados. O choque incendeia a imprensa. O Rock and roll perde definitivamente a sua inocência. Nasce o alienígena andrógino pop star, Ziggy Stardust e sua banda The Spiders From Mars.

O LP “The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars”, é até hoje tido a como obra-prima do artista, que é a partir deste momento tratado como mega estrela pela imprensa. Na turnê as apresentações chocam em concepção e, com diversas trocas de roupa durante o espetáculo, hoje relativamente comum mas até então, nunca visto. Com ares futuristas, levemente baseados no filme recém lançado Laranja Mecânica, maquiagem, luz e todos os elementos do teatro são incorporado no show, na banda e na música. Nunca o rock teve um elemento de dramaturgia teatral tão presente. E o mais importante, Bowie enquanto "performer" convence. Seus movimentos são estudados e coordenados, reforçados pela suas experiências com mímica, diferente de pulos e danças aleatórias que se via entre o seus iguais.


The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars