Bowie passa a andar com o amigo Marc Bolan e começa a abrir alguns shows do Tyrannosaurus Rex com suas apresentações de mímica. Lança o compacto “The Prettiest Star”/ “Conversation Piece”, já pela Mercury, tendo a participação de Marc Bolan na guitarra. Logo David está excursionando com Bolan, abrindo seus shows com sua banda recém formada chamada Hype. A formação inclui Tony Visconti no baixo, Mick Ronson na guitarra e John Cambridge na bateria. Todos fantasiados de um personagem previamente selecionado. Bowie era o Pirateman, Robson, o Gangsterman, Visconti, o Superman e Cambridge, o Cowboyman. Apesar da boa aceitação do publico, a banda logo se desfaz. A nota positiva é que a experiência serve para unir David Bowie a Mick Ronson. Imediatamente começam a trabalhar juntos no material para um novo álbum. Ronson convoca Woody Woodmansey, baterista de sua antiga banda Rats que assume o lugar de Cambridge enquanto Tony Visconti além do baixo, atua como produtor deste LP intitulado de "The Man Who Sold The World".


The Man Who Sold The World