No início dos anos 60 o grupo era formado por John, Paul e George nas guitarras, Stuart no baixo e um novo baterista chamado Pete Best ( considerado até hoje o cara mais azarado da história ). Naquela época todos faziam o estilo "Teddy Boy", nada parecido com a imagem Beatle que conhecemos, mais pareciam James Deans tocando guitarra, com topetes, roupas de couro e botas até a canela. Foi numa viagem a Alemanha, onde tocaram em Hamburgo que Astrid Kishnerr, namorada de Stu, sugere aos garotos a pentarem o cabelo para frente.

Nessas noitadas de álcool e drogas em Hamburgo, era comum os Beatles tocarem quase 8 horas seguidas, num repertório que ia desde clássicos de filmes, até boleros e rock and roll. Isso foi crucial para os rapazes, pois aí aprenderam muito e podiam experimentar com o público canções que eles começavam a escrever. Nessa época gravam um disco com Tony Sheridam, um inglês metido a Elvis Presley, mas a contribuição no disco se resume ao acompanhamento, salvo uma música instrumental e outra com o vocal de John.


Beatles in Hamburg