Em 1988 caiu da janela de um hotel em Amsterdan.

Seu corpo, antes desejado, transformou-se num caco. Nenhum dos amigos conseguiu identificar naquela massa consumida pela heroína o rosto delicado do tenor, comparado em sua juventude a James Dean, o ator de "Juventude Transviada". A droga maltratou tanto Baker que, estatelado sobre a calçada de um hotel em Amsterdan, mais parecia uma espécie de Boris Karloff tragicamente abatido aos 100 anos de idade. Chet tinha pouco mais que a metade disso. Com 58 anos, pulou para a morte de uma janela do 2ºandar do hotel onde estava hospedado. Há quem diga que foi empurrado por um traficante a quem devia dinheiro. Outros defendem ter sido uma queda acidental, provocada por doses maciças de heroína.

Considerado precursor da bossa nova, ensinou toda uma geração a cantar com voz aveludada e tocar com suavidade ainda maior.


Chet Baker at the Domicile, Munich, photo by Gabriele Fiebelkorn