Ganhou uma dentadura e perdeu a embocadura, enfrentando dificuldades para tocar e atingir notas mais altas. Foi obrigado a praticamente abandonar o instrumento de 1970 a 1973, quando tenta retomar sua carreira.

Com tenacidade, acabou por adaptar as suas limitações às exigências técnicas do instrumento. O seu estilo vai ficando cada vez mais despojado e mais melancólico.

Em viagem pelo Colorado para visitar um velho amigo, ouve Dizzy Gillespie tocar em um clube. Foi o início do seu retorno. Quando Gillespie ficou sabendo do esforço de Baker para voltar à cena, ligou para o gerente do famoso Half Note Club, arrumando-lhe uma temporada de três semanas em Nova Iorque.


Gerry Mullingan and Chet Baker, 1976